IOV é a primeira instituição do Brasil a obter certificação de qualidade da ASCO

06 de abril, 2017 em Notícias

uploads/attachments/110/Certificação jornal.jpg

O IOV é a primeira clínica da América Latina e a segunda fora dos Estados Unidos a receber a certificação QOPI (Quality Oncology Practice Initiative). Concedido pela ASCO (Sociedade Americana de Oncologia Clínica). O certificado do QOPI é um reconhecimento ao IOV pela adoção das melhores práticas internacionais no tratamento do câncer.

“Participamos do QOPI desde 2008, mas esta é a primeira vez que fomos auditados diretamente por eles para obtermos a certificação de excelência. Isso mostra que estamos no caminho certo, proporcionando ao paciente uma assistência médica de excelência alinhada ao atendimento integrado”, explica o médico oncologista Dr. Carlos Frederico Pinto, diretor executivo do IOV.

Para receber a certificação, o IOV passou primeiramente por um programa de qualidade voltado para o cuidado e a segurança dos pacientes. Na avaliação, foram medidos mais de 100 critérios de qualidade, com base em recomendações publicadas e opiniões de especialistas. O Instituto passou ainda por uma auditoria presencial em janeiro de 2017, através de uma análise rigorosa dos profissionais oncológicos, incluindo médicos e enfermeiros.

O processo de inspeção se repete a cada três anos para garantir a excelência do  atendimento  prestado. Todo o fluxo assistencial é verificado, e também se ele está representado pelas melhores práticas internacionais hoje estipuladas.

“A obtenção desta certificação, dentro da especialidade oncológica, pela principal sociedade médica da área, representa para os profissionais do IOV um objetivo ímpar, um orgulho enorme, e nos mantém cada vez mais seguros de que estamos no caminho certo para os nossos pacientes”, afirma o diretor executivo do IOV.

AUDITORIAS DA CERTIFICAÇÃO CANDENSE E DA ONA TAMBÉM TIVERAM RESULTADOS POSITIVOS

Além da certificação inédita QOPI, o IOV também passou recentemente pelas auditorias de manutenção da certificação canadense Qmentum International e da Organização Nacional de  Acreditação.

“Passamos por ambas as auditorias sem nenhum tipo de observação  e mantivemos ambos os certificados. O que é muito importante para nós pois nossa diretriz é segurança e a certificação nos mostra que estamos no caminho certo porque ela é focada  na assistência segurado paciente”, destaca a gerente Lean Office, Stela Maris.

A certificação canadense Qmentum International orienta e monitora os padrões de alta performance em qualidade e segurança, utilizando critérios   internacionais com validação mundial. Já a Acreditação com Excelência pela ONA (Organização Nacional de Acreditação), certifica que que  a  instituição  atende aos critérios de segurança, apresenta gestão integrada, com  processos  ocorrendo de maneira fluida, plena comunicação entre as atividades  e  demonstra uma cultura organizacional de melhoria contínua.